Topas

 

 

DISLEXIA

dislexia.gif

A dislexia é uma perturbação que se caracteriza por dificuldades na escrita. A pessoa que sofre de dislexia pode, ou não, ter alguma dificuldade também com as palavras faladas, com a oralidade. Estes problemas com a palavra escrita incluem:

-   as palavras são soletradas de forma estranha e inconsistente

-   caligrafia desorganizada

Qual é a sua frequência?

 A dislexia parece afectar cerca de 4 em cada 100 pessoas, mas muitas mais podem sofrer de formas mais leves de dislexia.

Porque é que a dislexia é um problema?

As pessoas com dislexia tendem a ficar frustradas, pois a sua capacidade de escrita é consideravelmente menor que a sua capacidade para pensar e falar e isto pode levar a  uma diminuição da auto-estima, que as faz julgar que não são boas em nada.

A dislexia acontece porque não se está a estudar o suficiente para aprender a ler e a escrever?

Não. O problema não se relaciona com o esforço que uma pessoa faz por aprender (embora, infelizmente, muitos confundam dislexia com preguiça) e, na verdade, com alguns disléxicos, quanto maior o esforço, pior.

O que mais se sabe sobre a dislexia?

-   tende a ser mais comum em rapazes

-   tende a ter um padrão familiar

As pessoas com dislexia:

-   Podem ser um pouco “trapalhões” quando eram bebés e começar a gatinhar e a andar tardiamente, bem como a aprender a falar e a ler.

-   Podem ter maior dificuldade a aprender os dias da semana e a tabuada.

-   Podem ter maior dificuldade a distinguir a esquerda da direita.

-   Podem perder-se facilmente num texto enquanto o estão a ler.

-   Podem ter dificuldade a seguir instruções.

-   Podem ver o problema da dislexia agravar-se quando fazem testes.

O que podes fazer se pensas que sofres de dislexia?

Existem testes especiais de escrita e leitura, geralmente realizados por psicólogos (que podem trabalhar com as escolas), que ajudam a perceber se sofres ou não de dislexia.

Informa a tua escola

Se sabes que sofres de dislexia é muito importante que os teus professores também saibam, por isso diz-lhes e não tentes esconder o problema. Pode ser complicado ter uma ajuda extra na escola, mas vale a pena tentares obtê-la.

Truques que podem ajudar se sofres de dislexia

-  Relaxa e tenta não ficar demasiado cansado, especialmente antes dos testes

- Quando estiveres a estudar faz pausas regulares. As pessoas com dislexia podem ter dificuldades de concentração, podendo não conseguir estar concentradas durante tanto tempo quanto outras. Trabalha durante meia hora ou menos e faz uma pausa de 5 minutos.

-  Estuda num ambiente calmo: uma sala sossegada, sem música, televisão ou outras pessoas a distrair-te.

-  Mantém o local onde estudas arrumado e organizado

-  Tenta manter um diário com as datas de todas as actividades escolares e sociais e os prazos para a realização dos trabalhos de casa.

- Experimenta, se puderes, usar o computador para escrever: as ferramentas de processamento de palavra, como o corrector de ortografia, podem ser uma ajuda.

A Dislexia surge muitas vezes associada a outras perturbações do desenvolvimento, como as perturbações específicas da linguagem e a perturbação de hiperactividade e défice de atenção, ou a perturbações emocionais. Por este motivo, torna-se pertinente uma avaliação conjunta por Psicólogo e por Pediatra do Desenvolvimento.