Topas

 

 

LUTO

luto.jpg

As reações que temos quando perdemos alguém muito querido podem ser muito diferentes de pessoa para pessoa ... há quem reaja assim :

1 - Raiva: é um sentimento agressivo gerado pela perda de alguém querido; é uma forma de enfrentar e compreender a terrível realidade do que aconteceu e reflete o medo de não continuar a ter a pessoa por perto. Essa raiva pode ser dirigida contra si próprio, contra os outros ou direcionada para a própria pessoa que morreu.

2 - Culpa e autopunição: alguns jovens por exemplo quando um pai morre podem considerar que a causa de morte teve a ver com as diferenças e/ou discussões que ele tinha com o pai, o que revela não ter sido bom filho - ainda que, racionalmente, seja bastante comum que durante a adolescência haja diferenças entre as figuras paternais e os filhos.

Podem ainda ocorrer manifestações de culpa acerca da morte de um irmão com quem a relação era caracterizada por ciúme e confrontos. O sentimento de culpa pode escalar em especial com mortes derivadas de doenças prolongadas e cuidados prestados ao doente (o adolescente pode sentir que não esteve presente com a frequência que devia ou não ter cuidado o suficiente daquela pessoa).

 3 - Ideação Suicida: pode ser resultado das emoções associadas a desvalorização e perda de controlo de si mesmo. Alguns jovens podem estar muito confusos e baralhar a verdade dos factos com a intensidade com que sentem as emoções. Sentem-se frequentemente incompreendidos pelos outros e passam a acreditar que as pessoas, de forma geral, não são bons amigos ou colegas.

4 - Revolta: É um sentimento contraditório que se reflete na Acão do adolescente em oposição ao que ele efetivamente quer ou deseja. Aparenta não ser coerente entre o que diz e o que faz quando, frequentemente, quer ser protetor com sua família e autoritário.

Se te aconteceu algo assim procura alguém com quem tenhas confiança e vai partilhando o que sentes... é normal sentir isto ..  e sozinho é muito mais difícil.